Rondônia: Produção de tomate triplica, e feijão tem queda preocupante.

Pesquisa do IBGE revelou panorama agrícola de Rondônia referente ao ano de 2019. Veja as cultivares que se destacaram.

Os produtores de tomate “colheram bons frutos” na safra 2019 em Rondônia. Isso porque a produção quase triplicou, segundo a pesquisa Produção Agrícola Municipal (PAM) divulgada nesta quinta-feira (1°) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Veja, abaixo, o ranking de produção das principais cultivares em 2019:

TOMATE

Entre 2015 e 2019, a produção de tomate aumentou de 2.542 toneladas para 7.437 toneladas, enquanto que a área plantada subiu 54,8%.

Os três municípios campeões do ranking são:

  • Vilhena – 1.110 toneladas
  • Cerejeiras – 1.000 toneladas
  • Espigão D’Oeste – 730 toneladas

ARROZ

A produção de arroz cresceu 13% em comparação a 2018, atingindo quase 124 mil toneladas em 43 mil hectares plantados.

Os três municípios que mais colheram arroz foram:

  1. Porto Velho – 28 mil toneladas
  2. Pimenteiras do Oeste – 20 mil toneladas
  3. São Miguel do Guaporé – 12 mil toneladas

FEIJÃO

Mesmo com um aumento na produtividade, a produção de feijão diminuiu 3 mil toneladas entre 2015 e 2019, caindo de 19 mil toneladas para 16 mil (cerca de -15%).

As maiores produções em 2019 foram em:

  • Alto Alegre dos Parecis – 10 mil toneladas
  • Alta Floresta D’Oeste – 2 mil toneladas
  • Cacoal – 788 toneladas

ABACAXI

A produtividade de abacaxi aumentou em quase 3,1 mil frutos por hectare, mesmo com a área plantada diminuindo 115 hectares no estado.

Segundo a PAM, a produção rondoniense aumentou quase 500 mil frutos de abacaxi neste período de quatro anos, atingindo quase 18 mil abacaxis produzidos.

Os maiores produtores foram:

  1. Cujubim – 2992 mil frutos
  2. Cacoal – 1750 frutos
  3. Rolim de Moura – 1750 mil frutos

URUCUM

A produção desta cultivar apresentou um aumento de 77,1% nos últimos quatro anos, enquanto que a área destinada para colheita aumentou 52,9%. No ano passado, segundo o IBGE, foram colhidos 3.566 toneladas em Rondônia.

Veja as cidades que mais colheram urucum:

  • Costa Marques – 774 toneladas
  • Seringueiras – 697 toneladas
  • São Francisco do Guaporé – 450 toneladas
  • Cabixi – 440 toneladas

Fonte: Por G1 RO