Rondônia registra 105 casos em um dia e chega a 861 confirmações de Covid-19; estado tem 30 mortes

O número de casos confirmados de Covid-19 subiu para 861 em Rondônia nesta terça-feira (5), 105 diagnósticos a mais do que no balanço anterior divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) na segunda-feira (4). Mais cinco mortes de pessoas com a doença foram confirmadas pela pasta, totalizando 30 no estado.

Uma das mortes foi confirmada na manhã desta terça-feira. Evandro do Nascimento Mendonça, funcionário do Hospital Base Dr. Ary Pinheiro, morreu vítima da Covid-19. O servidor estava internado há 15 dias na Assistência Médica Intensiva (AMI) em Porto Velho e morreu na madrugada.

O quantitativo de casos confirmados do novo coronavírus consta no painel disponibilizado pela Sesau, atualizado na noite desta terça. O aumento percentual de um dia para o outro no número de infectados no estado é de quase 14%.

Também nesta terça, o Ministério da Saúde atualizou os dados com valores de casos confirmados pela Sesau, mas com o registro de 29 mortes e não 30. Em todo o Brasil há mais de 110 mil diagnósticos positivos e quase 8 mil óbitos.

A Sesau não divulgou o boletim diário com os dados divididos por municípios até a última atualização desta reportagem.

A Secretaria Estadual de Saúde ainda divulgou que:

  • 89 pacientes estão internados com novo coronavírus (suspeitos e confirmados);
  • 156 pessoas curadas;
  • 3.721 testes realizados;
  • 615 pacientes em tratamento domiciliar;
  • 368 casos estão aguardando resultado no Lacen.

Veja relação de mortes com diagnóstico do novo coronavírus em Rondônia

Nº de mortosDataPaciente
129/03Idosa de 66 anos que estava internada no Cemetron em Porto Velho
28/4Taxista de 67 anos encontrado morto em casa
314/4Idosa de 63 anos que era transportada de Ji-Paraná para o hospital de Cacoal
418/4Idoso de 76 anos que estava internado na UTI do Cemetron
521/4Idoso de 60 anos que estava internado no hospital de Cacoal
624/4Homem de 52 anos, que estava internado na UTI da Assistência Médica Intensiva (AMI). Ele tinha câncer
725/4Idosa de 68 anos
826/4Mulher de 58 anos de Porto Velho
926/4Idosa de 74 anos de Porto Velho
1026/4Homem de 49 anos do município de Rolim de Moura
1127/4Idoso de 64 anos que mora em Porto Velho e que estava internado no Cemetron
1229/4Mulher de 62 anos, que veio de Humaitá (AM) e tinha histórico de diabetes
1329/4Mulher de 57 anos, moradora de Guajará-Mirim
1429/4Homem de 67 anos que era diagnosticado com câncer
1529/4Mulher de 48 anos de Cujubim
1630/4Idoso de 69 anos de Guajará-Mirim
171/5Idosa de 83 anos em Porto Velho
181/5Idosa de 93 anos em Porto Velho
192/5Mulher de 45 anos que estava internada na AMI em Porto Velho
202/5Paciente de Porto Velho
212/5Paciente de Porto Velho
222/5Paciente de Guajará-Mirim
232/5Paciente de Campo Novo de Rondônia
243/5Homem de 41 anos de Ji-Paraná
254/5Idosos de 94 anos de Porto Velho
265/5Profissional de saúde de 57 anos de Porto Velho
275/5Sesau ainda não informou detalhes sobre o paciente
285/5Sesau ainda não informou detalhes sobre o paciente
295/5Sesau ainda não informou detalhes sobre o paciente
305/5Sesau ainda não informou detalhes sobre o paciente

‘Disque Corona’

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) criou o “Disque Corona” com o objetivo de tirar dúvidas de moradores sobre a Covid-19 antes de procurarem as unidades de saúde de Rondônia.

Segundo a Sesau, profissionais de saúde são as pessoas que atendem a população do outro lado da linha e orientam o que é recomendado para cada caso.

Disque Corona dos municípios de Rondônia — Foto: Governo de RO/Divulgação

Disque Corona dos municípios de Rondônia — Foto: Governo de RO/Divulgação