Com quase 100 anos, idosa mantém tradição como benzedeira viva

 

Ela teve uma visão de Nossa Senhora aos 8 anos, quando morava na Bahia. Desde então, Maria de Lourdes benze quem a procura.

 

É com o ramo na mão e um terço no pescoço que a Maria de Lourdes Pereira, de 99 anos, atua como benzedeira desde a infância. Sem saber ler e escrever, ela diz que recebeu o ofício de Nossa Senhora e, desde então, ela reza para melhorar problemas de saúde, financeiros e mau olhado de quem a procura em sua casa na Serra, região metropolitana de Vitória.

Foi aos 8 anos que Maria contou que viu a imagem de uma senhora. Na época, ela trabalhava com a família na roça, no estado da Bahia.

Maria de Lourdes é benzedeira há 90 anos, no ES — Foto: Carlos Palito/ TV Gazeta

“Essa senhora que me apareceu era Nossa Senhora e eu não sabia”, se emociona ao lembrar. “Nunca fui na escola. Não sei ler nem escrever, mas Deus deu esse dom e carrego até hoje”.

Maria de Lourdes recebeu seu primeiro crucifixo de uma vizinha, porque a mãe não tinha dinheiro para comprar. E foi na casa da família na roça que a menina começou a atender como benzedeira.

“Eu já benzi mais de um milhão de gente. Eu saio daqui para benzer gente em Brasília e daqui onde eu estou agora, eu benzo gente de Portugal, de tudo lugar sem sair da minha casa”, conta Maria sobre o ofício quase extinto e que não cobra nada para realizá-lo.Maria Bezedeira faz atendimento em casa, na Serra — Foto: Carlos Palito/ TV Gazeta

Atendimento

Apesar de ter nascido na Bahia, Maria passou a maior parte da vida no Espírito Santo e, atualmente, é na casa onde mora no bairro das Laranjeiras, na Serra, que ela atende quem a procura.

Na varanda, Maria Benzedeira montou um altar com toalha branca, velas e imagens religiosas. As orações são feitas com um ramo na mãe e um terço no pescoço. Dessa forma, Maria espanta o mau olhado, problemas pessoais, financeiros e de saúde.Homem diz que perna melhorou depois de rezas da benzedeira, no ES — Foto: Carlos Palito/ TV Gazeta

“Ontem chegou aqui um homem com a perna inchada. Eu pedi para minha menina pegar o óleo de mamona e desenfaixamos a perna todinha. Ele já ligou para mim hoje e a perna já está bem melhor”, revelou.

No dia seguinte, Márcio, que estava com problema na perna, voltou para agradecer e foi benzido novamente.

“Eu estava tomando antibiótico, cheguei a ficar internado e nada resolvia. Eu acho que é o poder da fé e a dona Maria tem essa força dentro dela que passa para a gente”, garantiu.

Com quase 100 anos, Maria de Lourdes diz que vai continuar rezando pelas pessoas. “Esse foi o Dom que o Nosso Senhor Jesus Cristo me deu e eu vou continuar rezando”.

Serviç

Para marcar horário com Maria Benzedeira, é preciso ligar para (27) 99662-3376

Fonte: G1