Momento em que coronavírus infecta célula registrado pela Fiocruz

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgou nesta terça-feira (8) um registro inédito: o momento exato em que o coronavírus infecta uma célula saudável. As imagens de um microscópio eletrônico de transmissão foram produzidas durante uma pesquisa sobre a replicação do vírus no corpo humano.

A infecção foi feita em células “Vero”, desenvolvidas partir do tecido celular do rim, que costuma ser utilizada pelos pesquisadores em ensaios in vitro (processos biológicos fora de sistemas vivos, em ambiente controlado e fechado de laboratório, geralmente em recipientes de vidro).

As imagens identificaram diversas partículas do novo coronavírus no momento em que tentam infectar o citoplasma da célula, onde se vê o núcleo, que guarda o material genético da célula. Depois disso, as partículas virais já podem ser observadas no interior da célula.

O estudo é conduzido pelos pesquisadores Débora Barreto e Marcos Alexandre Silva, do Laboratório de Morfologia e Morfogênese Viral, e Fernando Mota, Cristiana Garcia, Milene Miranda e Aline Matos, do Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo.

Fonte: obrasilianista