Patrulha Comercial atua reforçando a segurança na zona sul de Porto Velho

Para garantir a segurança na comunidade e aos comerciantes localizados na zona sul de Porto Velho, o 9º Batalhão da Polícia Militar do Estado de Rondônia criou o Patrulhamento Comercial. O intuito do patrulhamento é aproximar a comunidade da Segurança Pública, levando um policiamento ostensivo e preventivo para a localidade.

Patrulhamento deve aproximar a comunidade da Segurança Pública, levando policiamento ostensivo e preventivo para a localidade

A alternativa do Batalhão veio devido à pandemia, onde anteriormente as equipes eram destinadas para o patrulhamento escolar na região sul da cidade. “O comandante major Amorim, determinou que fosse implantada aqui na nossa área a Patrulha Comercial. Os pequenos furtos diminuíram desde então e atuamos dentro da área do nosso Batalhão, que é a zona sul inteira de Porto Velho. Não atuamos apenas nos corredores comerciais da avenida Jatuarana, Geraldo Siqueira e Campos Sales, e sim a zona Sul como um todo”, explica o sargento Clebison de Melo Botelho.

Para facilitar a dinâmica do trabalho e criar um laço com a comunidade comercial a equipe policial criou um questionário para obter informações sobre as lojas existente na região. “O policial vai até a loja e realiza o cadastro para saber o nome da empresa,  proprietário e gerente, e os números de telefone para contato. Depois realizamos o questionário para sabermos como está a segurança daquela empresa, se tem câmeras internas e externas, e se encontram em funcionamento, também perguntamos se aquela empresa tem alarme e se sofreu algum furto ou roubo. Entre outras perguntas pertinentes sobre o assunto”, esclarece o sargento Botelho.

Foi criado um grupo de aplicativo para trocar informações entre os comerciantes e a Patrulha Comercial

De agosto a novembro, foram visitadas 700 lojas. O questionário auxilia no conhecimento do comerciante  sobre o emprenho da Polícia Militar. “ Porque perguntamos se sofreram algum tipo de violência e percebemos com o questionário que uma das maiores dificuldades na área da zona sul é a questão de arrombamento no período noturno, são os furtos qualificados, que o indivíduo entrou pelo teto”, explicou Botelho.

Depois de todas as informações adquiridas e tabuladas, os policiais perguntam se o proprietário ou gerente tem interesse de entrar em um grupo de aplicativo para trocar informações entre os comerciantes e a Patrulha Comercial. “Caso algum proprietário veja algum indivíduo com atitude suspeita ele entra em contato pelo aplicativo e vamos até o local. Eles passam informações como número de placa de carro e as características  de pessoas suspeitas e isso tem ajudado. Também passamos dicas de segurança  para reforçar trancas das portas dos estabelecimentos”, acrescentou o sargento do 9º Batalhão.

Atualmente são duas patrulhas que intercalam os dias da semana de segunda a sábado das 11h às 19h, para garantir aos portovelhenses seguranças durante as compras.

9º Batalhão

Os moradores da região sul podem buscar atendimento no 9º Batalhão da Policia Militar

O 9° Batalhão Silvério Alves Feitosa, fica localizado na rua Algodoeiro, 5440, no bairro Cohab e tem dois anos de criação. Antes, o Batalhão ficava na sede da Unidade Integrada de Segurança Publica (Unisp), localizada na rua Três e Meio, bairro Floresta, nas proximidade da BR-364, sentido Cuiabá, na ponta dos bairros da zona Sul. E com a sua ativação no novo endereço a comunidade teve um ganho por facilitar o acesso e o deslocamento das viaturas que transitam em maior número na região, conforme explica o subcomandante do 9º Batalhão, capitão Teixeira.

Os moradores da região sul podem buscar atendimento de ocorrência no Batalhão, que antes poderia ser feito no posto da praça do bairro Cohab. “Era inviável manter dois pontos próximos, o Batalhão fica aproximadamente há duzentos metros da praça. E os moradores da região continuam sendo atendidos, recebemos pessoas até mesmo com problemas de caráter civil e orientamos quais os procedimentos a serem feitos. Em casos de roubo, acionamos as guarnições para o patrulhamento na área, agora estamos em uma região central da zona sul e tivemos um ganho na prestação de serviço para a comunidade”, explica o subcomandante.

 

 

 

 

Fonte
Texto: Elaine Barbosa
Fotos: Edcarlos Carvalho e Daiane Mendonça
Secom – Governo de Rondônia