Funcionários dos Correios ameaçam entrar em greve novamente.

Os colaboradores dos Correios estão ameaçando entrar em greve novamente. Isso porque a categoria não está feliz com a liminar do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, sobre a suspensão do plano de saúde dos funcionários.

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios (Fentec) irá realizar reuniões na quarta-feira (15) e na quinta-feira (16) com os sindicatos para tratar do assunto. No dia 29 de janeiro ocorrerá a assembleia para votação da greve. Tudo indica que no dia 30 poderá haver uma paralisação. O funcionários reclamam bastante do valor que pagam em procedimentos médicos e os gastos com internações. No ano passado, a categoria entrou em greve no mês de setembro por conta, principalmente, desse fator.

“Parece que a diretoria quer provocar greve. O pessoal já foi penalizado no julgamento do dissídio quando caiu o plano de saúde para pai e mãe dos empregados. Foi decisão do TST, o pessoal aceitou, mas parece que a diretoria não considerou suficiente e conseguiu a liminar do Toffoli para mudar o compartilhamento”, afirmou Marcos Alves, da Adcap (Associação dos Profissionais dos Correios), ao jornal “Folha de S. Paulo”.

Fonte: sunoresearch