EXATOS R$ 368.210, 22 DA SAÚDE SERÃO DEVOLVIDOS POR FALTA DE COMPETÊNCIA DE EX GESTORES DE VILHENA-RO

O prefeito Eduardo Japonês (PV) através de sua assessoria enviou à câmara de vereadores um pedido para abertura de crédito adicional especial de R$ 368.210, 22. O valor, que está nas contas do município por superávit financeiro, desde gestões anteriores a do Eduardo e sem prosseguimento para ser executado o projeto, será devolvido ao Governo Federal, motivo  o qual gestões anteriores não a construiu e equipou a Central de Regulação das Urgências do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) mesmo o recurso estarem na conta do município.

A assessoria do executivo municipal apresentou resposta. “os prazos para execução da obra estavam vencidos antes de o mandatário assumir o cargo”.  Dando conta da culpa aos prefeitos Zé Rover (PP), Rosane Donadon (MDB). Já o aliado Adilson Oliveira (PSDB) não foi citado pela assessoria já que o mesmo não ficou no comando do município tempo o suficiente para implantação e executado da obra, e por isso coube ao prefeito à devolução do recurso por revogação da portaria que regulamentava o projeto.

A oposição pressionou alguns vereadores a levar o assunto até a sessão da câmara de vereadores em caráter de urgência na noite desta terça-feira, 18.

Ação desesperada para manchar a imagem do prefeito, como vem ocorrendo há meses em relação a recursos devolvidos pelo mandatário.

Essa e muitas outras verbas estão voltando ou sendo redirecionadas por culpa de gestões anteriores que por inviabilidade administrativa, ou incapacidade em administrar, deixaram que ficassem na gaveta, suponha-se que propositalmente, porem ambas as verbas foram direcionadas em tempos críticos de cada governo anterior, onde os mesmo já haviam tido a certeza que sairiam do comando do município.

Suponha-se que ficou como armadilhas para a atual gestão, nisso descredibilizando o atual mandatário por um descaso que não era de sua responsabilidade.

 

REDAÇÃO.