SEMAGRI em parceria com a SEAGRI doam mudas de café Clonal a produtores rurais de Vilhena.

SEAGRI comprou e a SEMAGRI fez o transporte e entregou aos produtores rurais cadastrados de Vilhena.

Produtores rurais de Vilhena que fizeram inscrições visando receber mudas de café para plantio ou replantio nas lavouras já receberam as primeiras mudas nesta quarta feira, 19.

As mudas foram compradas e doadas aos produtores pela SEAGRI em parceira com a SEMAGRI de Vilhena que fez o transporte.  

Uma parceria entre a SEMAGRI e a SEAGRI possibilitou a compra e transporte de 12.000 mudas de Café Clonal, espécie que tem bom desenvolvimento e fácil manejo em nossa região com alta produtividade.

De acordo com Jair Dornelas, Secretario de Agricultura Municipal de Vilhena (SEMAGRI), “a produtividade dos cafezais de Rondônia mais que dobrou, mesmo com a diminuição da área plantada, graças à adoção de mudas clonais, irrigação, colheita tecnificada, manejo adequado, secagem mecanizada e armazenamento controlado, além de políticas públicas acertadas e incentivos fiscais e financeiros do Governo de Rondônia. A SEMAGRI com seu corpo técnico fara o acompanhamento desde o plantio, cultivo, tratos habituais e por fim chegando à primeira colheita, dando todo o suporte necessário para o produtor rural. “Não adianta doar mudas sem capacitar o produtor para um desenvolvimento vantajoso da sua lavoura, com isso estaremos fortalecendo a agricultura familiar do município de Vilhena”. Frisou Jair Dornelas.

Jair Dornelas destaca que o período de plantio das lavouras é propicio por ainda termos alguns meses de período chuvoso, podendo fortalecer as mudas, e sequencialmente poder projetar uma forma de irrigação apropriada para um melhor desenvolvimento da planta.

“Normalmente ocorre uma pequena perda após o plantio com alguma muda que apresenta defeito ou mesmo por alguma outra circunstância e ela precisa ser substituída. Isso ocorre neste momento”, acrescenta.

Os dados dos cafeicultores cadastrados e beneficiados com as doações de mudas foram registrados na Secretaria de Agricultura do município de Vilhena (SEMAGRI). A partir das informações do produtor, da propriedade e a sua localização será possível os técnicos da SEMAGRI fazerem o monitoramento e acompanhamento do desenvolvimento das lavouras. “Vamos continuar prestando esta assistência, orientando e apoiando os produtores de café para que tenhamos o bom desempenho das atividades”, completa Jair Dornelas.