O EMBLEMÁTICO DIA QUE OZZY OSBOURNE MORDEU UM MORCEGO NO MEIO DE UM SHOW

Foi só quando o sangue do animal escorreu que o cantor percebeu que tinha abocanhado um ser vivo, e não um brinquedo de borracha.

A estranha relação de Ozzy Osbourne com animais em seus shows começou em 1981, enquanto ele esperava assinar um contrato com uma gravadora. A maioria das pessoas aguardaria com calma, desejando que tudo desse certo.

Ozzy não. Naquele dia, ele estava sob o efeito de algumas substâncias e se sentindo especialmente inquieto. Sem paciência, o vocalista não quis esperar mais e atacou uma pomba branca que estava no local — ela seria solta em seguida, em sinal de paz.

Sem pensar duas vezes, Ozzy pegou o pássaro nas mãos e mordeu sua cabeça, arrancando-a com os dentes. Depois do episódio, ele começou a jogar pedaços de carne em seus fãs ao final de cada show da turnê Night Of The Living Dead.

Daí em diante, a plateia de Ozzy passou a participar dessa tradição, jogando coisas esquisitas no palco, aos pés do cantor. Foi exatamente isso que aconteceu no dia 20 de janeiro de 1982, durante um show da turnê do seu segundo álbum solo, Diary of a Madman.

A apresentação acontecia no Veterans Memorial Auditorium, em Iowa, nos Estados Unidos. Enquanto Ozzy cantava, Mark Neal, de 17 anos, decidiu jogar um morcego — que ele imaginava estar morto — no palco.

O bichinho parou nos pés do ex-vocalista do Black Sabbath e ficou lá, deitado, provavelmente atordoado pelas luzes do show. Pensando que fosse um brinquedo de plástico, Ozzy agarrou o morcego e mordeu sua cabeça — uma representação do ocorrido em 1981.

Em segundos, Ozzy percebeu que o sangue do animal começou a escorrer em sua garganta e desceu correndo do palco. O cantor foi levado às pressas ao Centro Médico de Broadlaws e, lá, recebeu uma vacina antirrábica, como um tratamento para a raiva.

Em entrevistas na época, Mark Neal explicou que o morcego teria sido encontrado por seu irmão mais novo, duas semanas antes do show. Ele nunca imaginou que o bichinho estivesse vivo, já que ele pouco se mexia.

Nenhuma filmagem ou foto do fatídico show existe de fato. O cantor, no entanto, reproduziu a cena durante a filmagem de um documentário da série Behind The Music (Por trás da música, em português), dando uma ideia de como o episódio aconteceu.

Em janeiro de 2019, Ozzy quis homenagear o aniversário de 37 anos do polêmico incidente e criou uma linha de morcegos de pelúcia. Os bichinhos tinham um velcro no pescoço, permitindo que as pessoas arrancassem sua cabeça.

Em seu livro de memórias, Eu sou Ozzy, de 2014, o cantor lembra que, no dia, sentiu que algo parecia errado. “Para começar, minha boca estava cheia de um líquido quente, com o pior sabor que você jamais poderia imaginar”, escreveu. “Oh.. pensei: ‘Eu não posso ter comido um maldito morcego, não é?’”.

Fonte: aventurasnahistoria