ROCK IN RIO: 10 MOMENTOS ICÔNICOS DA PRIMEIRA EDIÇÃO DO FESTIVAL

A primeira edição do icônico festival, que ocorreu em 1985, no Rio de Janeiro, reuniu grandes nomes da música como Queen, Iron Maiden e Ozzy Osborne.

Apresentação do Queen – Divulgação

1. Atrações icônicas

O primeiro Rock in Rio aconteceu entre os dias 11 e 20 de janeiro de 1985, e reuniu atrações como: Queen, Iron Maiden, James Taylor, Al Jarreau, Rod Stewart, Scorpions, AC/DC, Ozzy Osbourne. Entre os artistas brasileiros, estavam presentes nomes como: Lulu Santos, Erasmo Carlos, Rita Lee, Ney Matogrosso, Paralamas do Sucesso, Gilberto Gil e Barão Vermelho, Elba Ramalho, Alceu Valença.

2. Obstáculos

Roberto Medina, responsável por idealizar o evento, enfrentou dificuldades para encontrar apoiadores que financiassem o festival. Foi com a ajuda do assessor de Frank Sinatra, e após dar um prédio como garantia, que o Rock in Rio saiu do papel.

Freddie Mercury / Crédito: Wikimedia Commons

3. Exigências excêntricas

Freddie Mercury exigiu que todos os outros artistas estivessem dentro de seus camarins quando ele passasse pelo corredor principal, a caminho do palco. O produtor de backstage revelou em entrevista que Freddie teria dito: “Eles me conhecem, mas eu não os conheço. Você tem cinco minutos pra tirá-los daí”. E assim foi feito, algo que não agradou nada seus coelgas de profissão.

4. Pedidos insólitos

Entre os pedidos bizarros para se apresentar no festival, o cantor Rod Stewart pediu 12 bolas. Tarefa complicada já que todas as lojas estavam fechadas no final de semana. Amin Khader, produtor de backstage do Rock in Rio durante três edições, afirmou: “Era um domingo, não tinha nada aberto, e eu mandei tirar do saco dele. O cara entendia português e ficou puto da vida”.

5. Recorde impressionante

O recorde de público para o festival permanece sendo da edição de 1985, com o impressionante número de 1,38 milhão de pessoas. Apenas no dia 11 de janeiro, na antiga Cidade do Rock, em Jacarepaguá, cerca de 300 mil pessoas compareceram.

6. Pioneiro

Ney Matogrosso foi o primeiro música a subir no palco do Rock in Rio. Ele performou para 140 mil pessoas e iniciou o show com a música Desperta, América do Sul. Já o primeiro artista a confirmar presença foi Ozzy Osborne, que havia acabado de sair de uma clínica de reabilitação.

Ozzy durante o show / Crédito: Wikimedia Commons

7. Sem garotas de Ipanema

Anos depois, Ozzy Osborne, revelou em sua biografia ter ficado decepcionado com o país em sua passagem pelo Rock in Rio. “Esperava encontrar garotas de Ipanema, mas não vi nenhuma. Havia só um monte de crianças pobres correndo pelo lugar como ratos”, disse o rockeiro.

8. Metaleiros?

O termo metaleiro foi usado pela primeira vez na icônica edição do festival. Durante a transmissão televisiva, um comentarista da Rede Globo inventou a palavra para se referir aos fãs que curtiam as bandas de heavy metal.

9. Vaias

Erasmo Carlos, uma das atrações brasileiras do evento, foi duramente vaiado pelos fãs de rock durante sua apresentação. Mais tarde, o cantor contou em entrevista que, naquele momento, percebeu que nem todos amavam os músicos da Jovem Guarda.

O sino tocado durante a música Hell’s Bells / Crédito: Wikimedia Commons

10. Elementos especiais

A banda AC/DC trouxe para sua performance da música Hell’s Bells, um sino que pesava uma tonelada e meia. A estrutura do palco não estava preparada para tal adereço e o objeto teve que ser substituído por um sino de gesso.

Fonte: aventurasnahistoria