Aeroporto, rodoviária e Posto Fiscal monitorados em Vilhena: Prefeitura, Estado e União juntam esforços contra o coronavírus

Ações de profissionais de Saúde e Segurança orientam e monitoram pessoas com sintomas que entram no município

COMBATE AO CORONAVÍRUS envolve fiscalização de fronteiras do município e ?portões? de entrada de viajantes

A Secretaria de Saúde de Vilhena firmou parceria com diversos órgãos estaduais e federais na intensificação do monitoramento de viajantes que entram no município a fim de combater a disseminação do coronavírus (covid-19) na cidade. Equipes monitoram o aeroporto, a rodoviária e o posto fiscal Portal da Amazônia, principais entradas de pessoas vindas de estados com casos confirmados do vírus.

“Estes são os ‘portões’ de nossa cidade para o resto do país e do mundo. Nossas equipes estão atentas para amenizarmos ao máximo os efeitos da pandemia em Vilhena. Estamos nos preparando para os casos graves, mas, ao mesmo tempo, queremos evitar com todas as nossas forças que eles apareçam”, explica o secretário municipal de Saúde, Afonso Emerick.

No aeroporto, nesta segunda-feira, a Secretaria Municipal de Saúde fez operação de fiscalização e orientação com apoio da Vigilância Sanitária, Epidemiologia, Polícia Federal e Polícia Militar, além de bombeiros civis do aeroporto. Visto que o último voo previsto para chegar em Vilhena da Azul aconteceu nesta segunda, os 47 passageiros foram avaliados e orientados.

A Epidemiologia do município também fez ação durante a manhã e a noite na rodoviária do município, para conscientizar funcionários e distribuir cartazes com recomendações de isolamento para os viajantes que chegam na cidade (imagens em anexo). A Secretaria Municipal de Saúde fará triagem e acompanhamento dos passageiros no local, junto da Vigilância Sanitária, em operações durante a semana. A ação tem por objetivo estabelecer controle maior de pessoas com possibilidade de estarem contaminadas. Empresas do local também ajudam a divulgar as mensagens de cuidados preventivos.

No Posto Fiscal Portal da Amazônia, que monitora a divisa de Vilhena com Comodoro (MT), a 3ª Gerência Regional de Saúde, do Estado, passou a monitorar, com acompanhamento da Vigilância Sanitária do município e da Polícia Militar, todos os motoristas e viajantes que apresentam sintomas, bem como a origem de todos que passam pelo local.

 

Semcom